terça-feira, 23 de setembro de 2008

E agora??


Hoje vi um video.
Um video que me fez pensar.
Que me fez ter medo e me fez querer
Confessar.
Confessar o quanto quero e ao mesmo tempo o quanto tenho medo de ver meu filho crescer.
Que medo... Que medo horrível de ver um filho se tornar homen.
De querer uma turma pra conversar...
Pois quem terá paciência de ouvir suas palavras cortadas e as frases pela metade?
De vê-lo chegar a juventude. De querer sair pelo mundo como todos nós queremos e fazemos...
Quem o guiará??
De querer sentir a areia e as ondas do mar...
Pois quem poderá carregá-lo em seus braços??
De sentir desejos de querer prazer como qualquer mortal...
Será que dá??
Será que há alguém para amá-lo como homen?? pra se doar...
Que medo...
Confesso que o queria inteiro só pra mim, como eterna criança.
Mas o tempo não pára, sua mente, seu corpo... Tudo continua avançando com o tempo, que corre tão depressa que pouco dá pra pensar.
Ainda bem...
Melhor assim.
Melhor não pensar, apenas viver.
Um dia de cada vez...
Um passo por vez.
Assim cumprimos nossa caminhada sem tropeços...
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Cristiane A. Fetter disse...

O difícil é entender que nossos filhos não pertencem a gente, mas sim ao mundo que nos cerca.
Nosso dever simplesmente é prepará-los para enfrentar este mundo.
Beijocas

Rita Borges disse...

'Oieeeeeeeeeee..tudo bem!!!

Amei seu filho...ele é lindo D++++....'

Parabéns!!!!

Sou Rita....tenho um Filho com Paralesia Cerebral e Sindrome de West...ele está com 19 anos...

Somos Gratas por termos Filhos tão Maravilhosos!!!
Eles são Tudo ...em Nossas Vidas..

bjuxxx...meu e do Meu Nino!!!